Conceituando #1 – Mitologia Nórdica

Share

Mitologia Nórdica

Oi, pessoal!

Hoje venho aqui trazer um pouco sobre uma importante mitologia que espalha suas influências até os dias de hoje: a Mitologia Nórdica, a qual também é chamada de Mitologia Viking, Escandinava ou Germânica.

A mitologia nórdica representa o conjunto de crenças, folclore e cultura de povos de regiões nortenhas da Europa em eras pré-cristianismo. Grande parte das histórias referentes aos seus locais e personagens era passada oralmente, tendo sido perdidas ao longo do tempo por nunca terem sido registradas. No entanto, dois grandes textos que sobreviveram através dos séculos estabelecem as bases dos mitos nórdicos: as Edas, separadas em prosa e verso. Por meio delas, podemos conhecer diversas características e lendas destas épocas remotas.

Antes de seguir para a leitura, não esqueça que possuímos Facebook! Curta nossa página para ficar por dentro do conteúdo, além de que logo mais haverão novidades 😀

Também estamos expandindo pro Instagram, então siga a gente por lá também hehe 😉

Os Diversos Mundos

O universo dos nórdicos possuía 9 mundos, cada um com suas peculiaridades e importância. Vamos aqui apresentar os nomes comuns (pronunciáveis em português) e os nomes em caracteres antigos. Eles são:

  1. Asgard (Ásgarðr ou Godheim): o mundo dos Æsir, um grupo de deuses com personalidade de guerreiros, sendo o principal clã de entidades divinas;
  2. Vanaheim (Vanaheimr): mundo dos Vanir, grupo de deuses que favorecia o prazer e a natureza, adversários dos Æsir;
  3. Midgard (Miðgarðr ou Mannheim): a terra dos homens (o nosso mundo), a qual, para os nórdicos, era plana…
  4. Jotunheim (Jötunheimr ou Utgard): a terra de Gigantes, os quais eram denominados de “Jotuns”;
  5. Alfheim (Álflheimr): lar dos elfos claros;
  6. Svartalfheim (Nidavellir): lar dos elfos escuros (svartálfar ou dökkálfar) e também dos anões, embora haja controvérsias se Nidavellir e Svartalfheim sejam o mesmo local;
  7. Muspellheim: mundo de fogo, onde se originaram os primeiros seres vivos;
  8. Niflheim: mundo do gelo eterno, oposto a Muspellheim;
  9. Hel: mundo dos mortos, governado por Hel (ou Hela).
Representação da cosmologia nórdica com a Yggdrasil, a árvore que se estende por todos os mundos

Figuras importantes

Assim como outras mitologias, a mitologia nórdica é composta por figuras importantes, como deuses e heróis com grandes habilidades. Dentre elas podemos destacar:

  • Odin (Óðinn ou Wotan): o Æsir “Pai de Todos”, Deus da Sabedoria. A lenda conta que Odin sacrificou seu próprio olho em troca de sabedoria eterna. Atuando como o “Senhor da Guerra”, Odin comandava as valquírias para recolherem os corpos de heróis mortos e trazê-los à Valhalla, o salão dos heróis;
  • Thor (Þórr): o Deus do Trovão, filho de Odin. Sempre carregava nas batalhas seu martelo Mjolnir e seu cinto Megingjord;
  • Loki: um deus-gigante da trapaça. Pode assumir a forma que quiser e convive com os Æsir, embora não seja do clã destas divindades;
  • Freya (Frøya): deusa Vanir do amor, da fertilidade e da beleza, muitas vezes confundida com Frigga, esposa de Odin;
rsz_ma-rten_eskil_winge_-_tor-s_fight_with_the_giants_-_google_art_project-1
O deus Thor em luta contra os gigantes, pintura de Mårten Eskil Winge (1872)

Influências no mundo moderno

O legado da mitologia nórdica é evidente no mundo ocidental moderno. Algumas curiosidades e influências são:

  • Dias da semana: em algumas línguas, como o inglês e alemão, vários dias são adaptações em homenagem a certos deuses.
    • Monday (segunda-feira): em tributo a Mani, Deus da Lua;
    • Tuesday (terça-feira): adaptação de Tyr’s day, em homenagem ao Deus da Guerra;
    • Wednesday (quarta-feira): devido à Wodan (Odin);
    • Thursday (quinta-feira): o dia de Thor;
    • Friday (sexta-feira): o dia de Freya;
    • Já saturday (sábado) e sunday (domingo), são em homenagem a Saturno (deus romano) e ao Sol.
  • Pontos cardeais: tem os nomes inspirados em anões que seguravam a cúpula celestial.
    • Nordri (Norte);
    • Sudri (Sul);
    • Austri (Leste);
    • Vestri (Oeste).
  • Páscoa: o nome em inglês Easter é devido à Eostre, deusa da fertilidade e do renascimento, a qual tinha como símbolo a lebre ou o coelho.

E estas são apenas algumas das heranças nórdicas que observamos na atualidade…

Obras relacionadas

Eu sei, são muitas informações para iniciantes neste universo… Assim, caso você queira conhecer mais sobre, aqui vão algumas sugestões de obras:

Edda em prosa

A clássica obra com um conteúdo rico sobre a mitologia nórdica. Escrito por Snorri Sturluson, um historiador, poeta e político islandês que viveu de 1178 a 1241. É, atualmente, a edição mais completa desta obra disponível em português.

Clique aqui para acessar o livro na Amazon.

Mitologia Nórdica

Neil Gaiman é conhecido por suas obras em quadrinhos, histórias de drama e suspense como SandmanCoralineDeuses Americanos. Em “Mitologia Nórdica”, Gaiman faz um compêndio das principais histórias das figuras importantes com uma linguagem simples e precisa.

Clique aqui para acessar o livro na Amazon.

A Lenda de Sigurd e Gudrún

Escrito por J. R. R. Tolkien, o autor de O Senhor dos Anéis, a Lenda de Sigurd e Gudrún é a apresentação em forma de poema épico destas lendas. Tolkien era um grande filólogo e estudioso de mitologias, sendo um mestre das fantasias.

Clique aqui para acessar o livro na Amazon.

A Saga da Valquíria do Infinito

E por último, mas não menos importante, a obra de Diogo Zimmermann, o nosso prezado autor br e co-fundador da Noveland. A Saga da Valquíria do Infinito acompanha a jornada da valquíria Zero para estabelecer a paz, enfrentando perigos dos 9 mundos.

Clique aqui para acessar a obra.

E é isso!

A mitologia nórdica, assim como outras mitologias (tal qual a grega, romana e celta) não são entendidas na totalidade por conta da falta de todos os registros. Mas os textos que perduraram acabam por nos mostrar muito da identidade cultural dos povos antigos e por nos influenciar bastante na atualidade.

Continue acompanhando os posts da Noveland, o lançamento de novels e demais novidades. Curta e compartilhe.

Até mais! 🙂

Gustavo Simas

Revisor na Noveland

You may also like...

error: Content is protected !!