OFF #1 – Por que você deve ler muito mais do que hoje?

Share

Troquei de trabalho recentemente. Não foi lá uma decisão tão difícil de tomar, afinal eu queria tomar um novo rumo na minha ainda jovem carreira.

No meu antigo trabalho, costumava pegar um ônibus que levava em torno de quinze à vinte minutos para chegar no meu destino, isso quando não tinha fila (caso raro aqui em Florianópolis). No entanto, mesmo no pior dos casos, o tempo de viagem se estendia para uns quarenta minutos, nada muito sério.

Mas então eu troquei de trabalho. Fui trabalhar num lugar três vezes mais distante de onde era meu antigo. Os quinze minutos se tornaram duas horas.

Duas horas olhando pela janela do ônibus, encarando as luzes dos faróis dos carros, que seguem quase parando pela Beira Mar…

Duas horas descendo o feed de notícias do Facebook só para ver uns memes (repetidos).

Foi aí que eu me dei conta: O que diabos eu estou fazendo com a minha vida? Quatro horas totais do meu dia são basicamente atiradas pela janela, sem opção de retorno!

Aquilo me deixou meio triste por um segundo, afinal eu não me sentia produtivo, por mais que eu fizesse coisas o bastante no trabalho novo. Fiquei alguns dias matutando o que eu faria a respeito disso, e a resposta veio rápida, num fim de semana de comprinhas no mercado.

Estava procurando alguns ingredientes para fazer o jantar com a minha namorada. No mercado perto da casa dela, há uma sessão com livros, geralmente superbaratos e alguns bem defasados. Nunca havia dado muita atenção; Pelo menos não até aquele dia. Decidi dar uma olhada, curioso, sobre o que tinha por ali.

Algumas revistas de 2017, culinária, desenho, uns quadrinhos… Nada chegou a me agradar. Foi aí que meu olhar pousou num livro em particular: O Contrato Social, de Jean Jacques Rousseau. Aquilo automaticamente me remeteu a uma leitura escassa que tive no ensino médio e nunca me aprofundei.

Confesso que, apesar de escrever, nunca fui um cara dos livros. Se eu lesse mais de três livros no ano já seria muito (a média brasileira é cerca de 2,43 livros por ano segundo o Instituto Pró-Livro). E a minha desculpa para isso era, igual a de muitos brasileiros, a tão falada e saturada “falta de tempo”.

Eu sinceramente duvido muito que uma pessoa não consiga ler mais de dois livros por ano apenas alegando falta de tempo. Pra falar bem a verdade, podemos, e usamos, essa desculpa pra praticamente tudo hoje em dia, e isso é ruim, principalmente porque em muitos casos não é a verdade.

Faça uma reflexão durante seu dia e tente contar quanto tempo dele você se dedica ao famigerado Facebook, Instagram, aquele Whatsapp com contatinho… Facilmente irá ultrapassar algumas horas do seu dia, ou pelo menos uma. Pense naquele monte de fotos de cachorrinhos e gatinhos no Pinterest que você fica olhando enquanto passa trinta, quarenta minutos no ônibus.

É, eu sei, você vai dizer quando chegar em casa que não teve tempo. Acredite, eu também fazia isso.

Contudo, da mesma forma que eu decidi mudar, você também pode. E vou dar alguns motivos pra você querer se dedicar um pouco mais à leitura, mas não vou me alongar neles:

  • Estímulo mental: Alguns estudos mostraram que se você estimula o seu cérebro, as suas chances de desenvolver doenças neurológicas como Alzheimer diminuem bastante.
  • Vocabulário: Uma das coisas mais frustrantes é quando você quer se expressar mas faltam palavras. Ou ainda, é necessário que você disserte sobre algo, contudo as suas frases começam a repetir, repetir…
  • Conhecimento: Esse é um motivo autoexplicativo, afinal o conhecimento nos torna melhores, mais atentos ao mundo e a nossa própria vida. Como Jacques Bossuet diz: “No Egito, as bibliotecas eram chamadas ‘’Tesouro dos remédios da alma’’. De fato é nelas que se cura a ignorância, a mais perigosa das enfermidades e a origem de todas as outras.”
  • Melhora as habilidades de escrita: Isso anda de mãos dadas com o Vocabulário. Quando se lê mais, você consegue entender estruturas que funcionam, formas de transmitir emoções e mensagens. Com certeza a sua escrita vai evoluir consideravelmente. (Não esqueça de treinar!)
  • Melhora o foco e a concentração: Se tem uma coisa que não temos hoje, é foco e concentração. Hugh McGuire escreveu um artigo interessantíssimo sobre nossa dificuldade de focar para ler novamente. De fato, sofremos muito hoje com isso, e isso inclusive diminui nossa produtividade. Então nada melhor do que melhorar as nossas “piores” áreas, não é?
  • Tranquilidade: Quando você está lendo, sem interrupções, com foco, você se transportará para um lugar sem estresse, que te tranquilizará. Vai por mim 🙂
  • Entretenimento: Não existem apenas livros de estudos! Você pode muito bem ler romances, histórias de ficção, e vivenciar um outro mundo, capaz de atiçar sua curiosidade, felicidade, emoções de forma geral.

Existem mais uns vários outros motivos, mas ficaria extenso demais o texto. Todavia, são motivos bastante atraentes em comparação com o período de “inatividade mental” que possuímos todo o dia na frente do celular.

E se você, assim como eu, decidiu mudar os hábitos, continue lendo, tenho algumas outras coisas pra lhe dizer.



COMO VOU LER MAIS?

A pergunta milionária, não é?

Estou fazendo algumas coisas que estão funcionando bastante bem, mas que precisam de força de vontade, então a primeira coisa a se fazer é:

PARE DE DAR DESCULPAS A SI MESMO: Você não merece fazer isso consigo mesmo, sério. Além de não fazer bem, você está se limitando. Olhe no espelho e diga exatamente o que vai fazer e, pasmem, FAÇA. Sem desculpas, sem dizer que não vai ter tempo, porque você vai, e sabe disso.

LARGUE UM POUCO AS REDES SOCIAIS: Eu sei que é difícil, e creio que já deva ter ouvido milhões de vezes que faz mal ficar tão viciado e dependente das redes sociais. Oras, seria loucura se eu te dissesse que é verdade?

Como Hugh McGuire cita no seu artigo, as redes sociais acionam a dopamina no nosso cérebro (substância que nos faz sentir feliz). Ele fica tão acostumado a receber essas pequenas doses, que obviamente vai querer mais. Todavia, não use isso como desculpa também, sério. Ler é como fazer exercícios, e de fato você está se exercitando: pode levar um tempo para pegar no tranco, mas quando engatar, você não vai nem pensar em olhar aquele tweet que acabou de ser sinalizado no seu celular (eu sei que está querendo olhar rs).

LEIA ONDE PUDER E QUANDO PUDER: “Mas eu nunca posso”, se você pensou nisso agora, por favor, volte para o primeiro item. Leve sempre com você um livro na mochila, ou na bolsa, ou até mesmo no celular. Hoje existem tantas possibilidades para leitura digital que muitos já dizem que os ebooks substituirão os livros impressos logo. Sempre que você possuir um tempinho, seja na fila do banco, no ônibus, esperando o próximo voo em uma viagem, no almoço… Enfim, dê aquela lida, nem que seja umas duas, três páginas.

TROQUE A ÚLTIMA OLHADA NO FB/TT/WPP POR UMA ÚLTIMA LEITURA: Essa dica é uma maravilha. Além de te fazer ler mais, vai te ajudar a dormir melhor. Quando mexemos no celular antes de dormir, ainda estamos muito agitados, acordados, dispersos. Ao manter o foco numa leitura, de forma calma, concentrada, tendemos a nos distanciar do mundo, em direção a um soninho muito melhor ❤

Essa dica é uma maravilha. Além de te fazer ler mais, vai te ajudar a dormir melhor. Quando mexemos no celular antes de dormir, ainda estamos muito agitados, acordados, dispersos. Ao manter o foco numa leitura, de forma calma, concentrada, tendemos a nos distanciar do mundo, em direção a um soninho muito melhor ❤


São dicas bem simples, mas que fazem total diferença. Obviamente você não precisa ler igual um maluco (como aquelas pessoas que fazem uns desafios de ler uns 100 livros por ano). A intenção é conscientizar-se e fazer valer melhor o nosso tempo.

Nossa vida é bastante curta, e não podemos ficar titubeando, engessados com a cara no trabalho e descendo uma página infinita de conteúdos que muitas vezes não agregam em nada.

Então se você que não lê nada o ano todo, ao menos ler um livro, por mais fino que seja, eu irei ter alcançado meu objetivo.

Agora vai lá, começa a leitura que você jurou começar em algum momento, mas que ficou para trás!

You may also like...

error: Content is protected !!